Automóveis > Ensaios

Citroën C-Elysée 1.6 HDI
O C-Elysée aposta na robustez, no espaço e na economia para convencer clientes em países onde a rede viária está longe de ser perfeita.

O novo C-Elysée é produzido tendo em vista os paises ditos emergentes. Países onde a rede viária ainda não tem os padrões a que estamos habituados, onde o espaço para pessoas e bagagens é decisivo e onde o custo de aquisição e manutenção tem de ser, necessariamente, contido. Este era o caderno de encargos a que a Citroën deveria responder e a marca francesa não se fez rogada. Pegou na plataforma do C3 e esticou-a. O comprimento total passou para os 4,43 metros e a distância entre-eixos para os 2,652 metros (2,466 no C3). Este crescimento reflete-se no espaço para os ocupantes (ao nível de um C5) e bagagens (506 litros). Para poder circular nos ditos caminhos de ?cabras?, a marca francesa reforçou as suspensões, protegeu a zona inferior da carroçaria e deslocou a admissão para posição elevada. O motor é o reconhecido 1.6 HDI na especificação de 92 cv que, segundo a marca, garante uma boa relação entre as prestações, os consumos e a fiabilidade.
Para baixar os custos é evidente a menor preocupação com a qualidade dos materiais e de alguns acabamentos. Sem, no entanto, perder de vista a durabilidade dos revestimentos. A condução reflete este caderno de encargos. A solidez é de assinalar, bem como a resposta pronta do 1.6 HDI (230 Nm às 1750 rpm). O próprio comportamento das suspensões é de louvar, ainda que seja evidente a primazia dada ao conforto em detrimento do comportamento. A direção acaba por ser o elo mais fraco, sendo menos precisa do que seria de esperar. A insonorização também acusa o menor recurso a material insonorizante.
E o que é que isto tem a ver com Portugal? Pelos vistos, tudo! É que dada a velocidade a que se estão a degradar as redes viárias e as condições económicas da população, faz todo o sentido propor um familiar acessível (cerca de 18 mil euros), económico e muito robusto no mercado português.



Saiba tudo sobre...

Preços e características de carros novos
Procurar carro semi-novo ou usado
Concessionário mais perto de si

Aproveite, simule já, e saiba quanto ficará a pagar pelo seu novo carro!


Motor Citroën C-Elysée 1.6 HDI
Tipo 4 Cilindros em linha
Colocação Dianteira, transversal
Cilindrada (cc) 1560
Distribuição 2 v.e.c/16 válvulas
Alimentação Injeção common rail Diesel, turbo
Potência máxima (CV/rpm) 92/4000
Binário máximo (Nm/rpm) 230/1750
Transmissão
Tração Dianteira
Caixa Manual 5 velocidades
Plataforma
Suspensão dianteira Independente tipo MacPherson barra estabilizadora
Suspensão traseira -
Direção/Nº de voltas do volante Pinhão e cremalheira c/assistência elétrica/3,2
Diâmetro de viragem (m) 10,7
Travões frente/trás Discos ventilados/Tambores
Jantes-pneus 185/65 R15''
Carroçaria
Comprimento/Largura/Altura (mm) 4427/1748/1477
Peso (kg) 1165
Relação peso/potência (Kg/Cv) 12,7
Capacidade da mala (L) 506
Capacidade do depósito (L) 50
Prestações anunciadas
Velocidade máxima (Km/h) 180
0-100 km/h (s) 11,2
Consumos anunciados
Urbano/Extra-urbano (L/100 Km) 4,8/3,7
Combinado (L/100 Km)/CO2 (g/km) 4,1/108
Preço 18 000 Euros

imprimir voltar